Browsing Tag

receitas com verduras

Cozinha Natural, Receitas Veganas Práticas, receitas vegetarianas

Maionese de mandioquinha-salsa é opção vegetariana e gostosa para diversas receitas

24 de julho de 2017

Mandioquinha-salsa, batata-baroa, mandioquinha, batata-fiuza… são diversos os nomes regionais dados à mandioquinha-salsa, que tem sua origem nos países andinos e por aqui começou a ser cultivada a partir de mudas que vieram da Colômbia lá nos idos de 1900. O sabor da mandioquinha é suave, quase adocicado, e ela pode ser usada em diversos preparos: fritas, purê, cremes, massas, sopas, sauté e maionese! Maionese é um molho feito tradicionalmente à base de óleo, ovos e vinagre (ou limão), obtido pela emulsão (mistura) destes ingredientes, gordura e água. O grande segredo está em não colocar muito óleo para ela não desandar e equilibrar a acidez com limão ou vinagre. Não é uma receita light, ao contrário, leva bastante óleo para ficar perfeitinha.

Todo mundo tem uma receita tradicional de maionese, mas esta receita que eu vou te passar não leva nem ovos ou leite no preparo, e o sabor é incrível. Fica deliciosa com salada de batatas, molho para saladas ou até para passar no pão. Se você faz algum tipo de dieta restritiva de carboidratos, esta não é a melhor opção para você, pois batata é um alimento rico em carboidratos. Eu usei esta receita para rechear aqueles canudinhos de festa, mas é a base para diversas outras receitas, como salpicão, pastas e patês para recheio de sanduíche.

Diferente das versões industrializadas de maioneses vegetais, esta leva ingredientes naturais, baratos e fáceis de encontrar. Pra fazer 200 gr de maionese, olha só o que você vai precisar:

Ingredientes 

  • 2 mandioquinhas médias
  • 1 batata pequena
  • 10 ml de vinagre ou suco de limão
  • 15 ml de água morna
  • 120 ml de óleo de canola ou girassol
  • Sal
  • Pimenta do reino a gosto

Como faz

Descasque e cozinhe as batatas por 10, 15 minutos. Bata no liquidificador com a água. Em seguida, vá despejando aos poucos o óleo (não coloque tudo de uma só vez) até misturar. Intercale com o vinagre ou suco de limão. Pare de bater, acerte o sal e a pimenta e conserve em geladeira.

Dicas

  • Quanto mais óleo, mais espessa a sua maionese, mas sempre tenha cuidado na hora de acrescentar, para que ela não desande, isto é, que a gordura separe da mistura.
  • Você pode colocar ainda, cebolinha verde, alho, cebola dourada, mostarda.
  • A maionese tem duração de duas semanas  se armazenada em recipiente com tampa.
Cozinha Natural, Cozinhar, Receitas Veganas Práticas

Alimentos vegetais ricos em proteína

30 de maio de 2017

Uma das maiores preocupações de quem resolve reduzir ou eliminar o consumo de carne é em relação à falta de proteínas. Proteínas são essenciais para manter o nosso corpo e mente em funcionamento, ajudam na construção e reparação dos músculos e nos dão energia para as nossas atividades diárias.

A maioria das pessoas consome carne para suprir a necessidade de proteínas. Mas, é possível encontrar proteínas em alimentos de origem vegetal. O que acontece é que muitos vegetais contêm pequenas quantidades de proteínas e o que você deve fazer é variar e combinar os vegetais, grãos e sementes pra ter uma quantidade suficiente de proteínas em suas refeições. 

Veja uma lista de alguns alimentos vegetais ricos em proteínas e algumas combinações que você pode fazer. Olha só:

Tofu é uma excelente fonte vegetal de proteína. Pode ser usado grelhado, empanado, combinado com vegetais e legumes ensopados, além de pastas e como recheio para sanduíches.

 

Feijões são os alimentos mais acessíveis pra quem quer fontes vegetais de proteína. Combine com uma porção de arroz, salada, sementes (como semente de girassol), farofa de castanhas e pronto!

 

Lentilhas podem ser usadas ao invés do feijão, como ensopados, sopas, currys, almôndegas, bolinhos ou como recheio de tortas e escondidinhos, além de chillis.

 

O arroz, cogumelo e o gergelim formam uma combinação vegetal perfeita pra completar as proteínas em seu cardápio. Use o cogumelo que for acessível pra você, misture com brocólis, arroz e sementes, como linhaça ou amaranto.

Comida brasileira, Cozinha Natural, Cozinhar

Hommus de feijão fradinho com beterraba e Pastinha de Semente de Girassol

18 de abril de 2017

Confira duas receitas exclusivas de pastas saborosas e fáceis de fazer

Sempre gosto de ter pastas e patês em casa, porque você nunca sabe quem pode aparecer, se surge uma festa de última hora, se a madrugada vai ser longa e por aí vai. Fiz estas receitas para receber meus amigos em um “Sarau Jantar da Sabrina”, que fiz aqui na minha casa. Como eu já estava na rua e tinha pouco tempo, tive que deixar tudo previamente arrumadinho pra dar tempo de fazer tudo. Por isso eu digo: se eu fiz tudo em uma hora e meia, você também faz. Coloca a Dona Onete no Spotify, pega aquela cachacinha e vai.

#dica- Deixe de molho as leguminosas

Quando trabalhamos com leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha) é recomendável que você deixe de molho, senão um dia antes, com pelo menos duas horas de antecedência. Isso ajuda no cozimento e também para a digestão desses alimentos. Com as sementes, como a de Girassol, que usei na receita, também. Vai facilitar pra processá-las e dar mais cremosidade na sua pastinha.

As duas receitas que compartilho com você são exclusivas e dificilmente você encontra pra comprar em delicatesses ou rotisseries (aquelas lojas chiques que vendem coisas como frios, queijos, pães, patês, antepastos) sabe por quê? Por que as pastas e patês quase sempre levam queijo, creme de leite ou maionese, que são os ingredientes mais comuns. Mas, seus problemas acabaram! 

Nem o Homus de Feijão Fradinho com beterraba e nem a Pastinha de Semente de Girassol levam leite ou queijo em suas preparações: só feijão fradinho, beterraba, tahine, azeite, limão e a semente de girassol. Olha, é simplesmente delicioso, rende bastante e elas podem ser usadas como antepasto (veja na foto) ou como recheio de sanduíches e tortas. Curtiu? Então, olha como é fácil fazer. 

Legumes, vegetais, cogumelos e nuts substituem o pão para acompanhar as pastinhas.

 

Homus de Feijão Fradinho com Beterraba

A páprica doce dá um sabor super especial ao Homus com beterraba. Se não tiver, pode ser a páprica picante ou pimenta caiena. Se não tiver Feijão Fradinho, pode ser: lentilha, feijão branco, ervilha e até soja. 

Ingredientes

1 beterraba média

1 xícara (chá) de feijão fradinho

Água (para cozinhar o feijão e a beterraba)

2 colheres sopa de tahine (pasta de gergelim)

Suco de 1 limão

1 dente de alho

Sal marinho

1 colher de sobremesa de Páprica doce

4 colheres (sopa de azeite de oliva)

Como fazer:

  1. Se você já deixou previamente de molho o feijão, coloque na panela de pressão e cubra com a água. Cozinhe por 25 minutos. Reserve a água do cozimento. Se não, deixe-o de molho por duas horas em água morna. Proceda da mesma maneira.
  2. Descasque e cozinhe a beterraba por 15 minutos.
  3. Em um processador ou liquidificador na função Pulsar, misture: o feijão cozido, a beterraba cozida (sem a água do cozimento), o alho, o tahine, o suco de limão e o azeite de oliva. Processe até virar uma pasta, caso queira, acrescente um pouco da água do cozimento do feijão para deixar menos espesso.
  4. Finalize com o sal e a páprica.
  5. Se quiser, coloque pimenta do reino moída na hora.
  6. Reserve em geladeira até a hora de servir.
  7. O Homus dura até 3 dias na geladeira.
  8. A água do cozimento do feijão e de beterraba podem ser usada para sopas, caldos ou ainda, no caso da beterraba, para sucos com laranja, cenoura e morango. Não joga comida fora, tá!?

Pastinha de Semente de Girassol

Esta pastinha fica ótima pra recheio de panquecas e tartelettes, pois ela fica com uma consistência que lembra a ricota, porém, mais crocante.

Ingredientes

1 xícara (chá) de semente de girassol

1 limão Siciliano (você vai usar metade do limão, a outra metade pode ser usada pra aromatizar a água)

1 dente de alho pequeno

Folhas de manjericão, orégano ou hortelã (frescos)

4 colheres de sopa de azeite de oliva

Sal e pimenta

Como fazer: 

Deixe molho as sementes de girassol por pelo menos um dia, senão, deixe-as de molho em água morna por 1h.

  1. Em um processador ou liquidificador no modo pulsar, bata: as sementes sem a água, o azeite, o suco de limão, as ervas frescas e o alho. Acerte a textura com um pouco de água morna, se for preciso.
  2. Finalize com o sal e a pimenta a gosto.
  3. A pastinha dura até dois dias na geladeira.

 

Se você fizer a receita, me mostra o resultado lá na página do Tempero Mental, combinado?